IRPF 2016: As despesas mais declaradas “não aceitas” pela Receita Federal

Despesas não aceitas na declaração do IRPF 2016

 

Há menos de 1 semana para o término do prazo para envio da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2016, ainda tem muitos contribuintes tentando deduzir despesas não aceitas pelo Leão.

Veja as principais e caso não tenha feito sua declaração ainda, certifique-se que nenhuma delas esteja na sua lista de deduções:

Um mesmo filho nas declarações de pais separados
A Receita não permite que o mesmo dependente conste em duas declarações distintas. Neste caso, os pais precisam entrar em um acordo para deduzir os gastos com dependentes.

Sogra
Sogro e sogra não são dependentes para a Receita Federal, apesar de serem sustentados pelo contribuinte. As deduções são para dependentes menores, que moram junto e são sustentados por eles, sem que possuam guarda judicial.

Despesas com animais
Alguns contribuintes tentam declarar os gastos que tiveram com animais de estimação como se fossem seus dependentes. Isto também não é aceito pela Receita Federal.

Remédios
Gastos com remédios e óculos também não são dedutíveis. Para despesas médicas, não há limite de dedução. Porém, de acordo com a Receita Federal, só são aceitos como prova de despesas cópias de cheques usados no pagamento ou extrato bancário.

Fonte: G1 – Economia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.